Name
Name
           

123 Street Avenue, City Town, 99999

(123) 555-6789

email@address.com

 

You can set your address, phone number, email and site description in the settings tab.
Link to read me page with more information.

Escritas de Ouvido. Usp, Out.2017

Curso

Escritas de Ouvido

1. glauber_rocha_1.jpg

Docentes: Marília Librandi-Rocha, Sandra Regina Chaves Nunes, Sérgio Bairon

CURSO: Código Disc.: HDL 5016

Programa de Pós-Graduação Humanidades, Direitos e Outras Legitimidades

Período: 10,17, 19, 24, 26,30 de outubro de 2017

Dias; Terças e Quintas. Horário: 14hs-18hs.

Local: Casa de Cultura Japonesa/ Diversitas/ Universidade de São Paulo. 


.

Ementa

O curso abrange três linhas de pesquisa: 1. Escritas de ouvido; 2. Escuta desarmada; 3. Escuta da linguagem. As escritas de ouvido propõem que no coração da literatura brasileira encontra-se o pulsar de uma escrita auditiva, elaborada por autores que “escrevem de ouvido”. A escuta desarmada privilegia a imersão em comunidades orais, por meio de uma postura que prioriza a experiência com vivências locais e a produção partilhada do conhecimento. A escuta da linguagem propõe explorar novas formas para a apresentação de pesquisas científicas, englobando a produção de texturas sonoras, como formas de inserção da expressividade e da experiência estética no conhecimento científico.

O que é um autor orientado pelo ouvido receptivo e não pela fala autoral? Qual a relação do livro, texto mudo, com as falas fora do livro? Qual a relação da literatura escrita no Brasil com a a forte cultura oral e aural?

De modo intensivo e condensado em 6 aulas, o curso apresenta a relação entre escuta e escrita tendo por base as pesquisas desenvolvidas no livro Writing by Ear. Clarice Lispector and the Aural Novel (a sair em 2018), e em artigos sobre as obras de Machado de Assis, Oswald de Andrade, Guimarães Rosa e as Poéticas Ameríndias. Sugere-se um vocabulário teórico para o campo de Estudos da Escuta: “escrita de ouvido, “romance aural” e “poéticas do eco”. Experimentos com Texturas Sonoras e estudos de teorias da escuta baseadas em textos de Jean-Luc Nancy, Jonathan Sterne, Jacques Derrida, Peter Sloterdjik, entre outros.


Programa

Colagem de Mariana Valente, neta de Clarice

Aula 1. 10/10.  Abertura. Teorias da escuta e linhas de pesquisa

Apresentação geral do curso. Descrição dos termos: Escrita de ouvido, Romance Aural e Poéticas do Eco. A Teoria de Jean Luc Nancy sobre a Escuta e o Ouvir. Derrida e as Margens da Filosofia (Tímpano). Sloterdjik e a bolha psico-acústica. Lyotard e os jogos de linguagem baseados na escuta. Wai Chee Dimock e as ressonâncias. Linhas de pesquisas possíveis.

Aula 2. 17/10. O Romance Aural

Machado de Assis e o Eco Fonográfico. Audição e Morte. (pequeno excurso sobre Pedro Páramo de Juan Rulfo). João Guimarães Rosa. O Recado do Morro e Grande Sertão:Veredas. Estudo dos termos “Recado” e “Conconversa”. Clarice Lispector e a A hora da estrela.

Aula 3. 19/10.  A Audição do Mundo.

Clarice Lispector.Perto do coração selvagem e Água Viva: : Literatura Planetária e Placentária.

Aula 4.24/10. O Mito de Eco

Clarice Lispector. Metamorfoses em A Paixão segundo G.H

Aula 5. 26/10. Poéticas Ameríndias.

Professora convidada: Jamille Pinheiro Dias   

Aula 6. 30/10. Contemporâneos

Poetas, prosadores, cantadores.


Bibliografia (a incluir)

 

… o ouvido serve de eco ao silêncio. Machado de Assis
Só podemos atender ao mundo orecular. Oswald de Andrade
Só o meu sentido auricular sentia. Clarice Lispector
Eu trazia sempre os ouvidos atentos, escutava tudo o que podia… João Guimarães Rosa